superintendente do Hospital Julio Muller Hildevaldo Monteiro Fortes, Maninho vem melhorando consideravelmente a estrutura do HUJM

Mesmo diante das dificuldades Manino vem mudando a imagem do HUJM

O apoio técnico assistencial para os profissionais de saúde, que trabalham nos 141 municípios mato-grossenses, vai evitar que pacientes do interior tenham que se deslocar para a Capital em busca de atendimento especializado.Através de tecnologias de informação e comunicação, onovo serviço detelediagnóstico - o Tele-estomatologia, já estáfuncionando.

Os usuários do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM-UFMT/Ebserh) foram beneficiados recentemente com novos exames inseridos no rol de serviços oferecidos pelo Hospital na Rede Sus (Sistema Único de Saúde),com a instalação de dois novos aparelhos de raio X, um de mamografia e uma estrutura para exames cardíacos com esteira.

E desta vez em menos de um mês oCentro de Material Esterilizável (CME) do HUJM está funcionando com novos equipamentos. A Termodesinfectora foi instalada e os trabalhadores do setor estão sendo treinados para operar o equipamento que faz a esterilização dos materiais do Centro Cirúrgico e substitui a autoclave.

Para que o equipamento fosse instalado, a estrutura física do espaço passou por uma reforma, explica o chefe da Divisão de Logística e Infraestrutura Hospitalar, Paulo Ambrósio, ressaltando que o peso do maquinário é de 500 kg vazio e de aproximadamente 800 kg com carga. Foram recuperadas a parte hidráulica (a saída de água quente passa por um cano de cobre) e elétrica (o forro e a iluminação da sala foram recuperados), o banheiro passou por reforma e uma janela de alumínio foi instalada para separar a sala que recebe o material do centro cirúrgico e a sala limpa.

“A Termodesinfectora foi instalada entre os dois espaços. Os colaboradores do setor colocam o material sujo de um lado e a equipe da outra sala retira as peças esterilizadas, dando mais segurança ao processo”, pontua o superintendente. Com o equipamento antigo, a estetização levava cerca de 6 horas. Tempo que deve reduz pela metade. Durante a obra, que levou cerca de 1 mês, também foram substituídos dois aparelhos de ar condicionados de 24 Btus por outros dois de 36 mil Btus.

Com Assessoria

Deixe um comentário