Sistema de vistos eletrônicos começa a funcionar no final do ano

Entre os meses de novembro e dezembro, programa será implantado para australianos e norte-americanos. Até fevereiro de 2018, funcionará para japoneses e canadenses

O sistema de utilização de vistos eletrônicos para entrada de turistas estrangeiros no Brasil começa a funcionar ainda em 2017.Pelo cronograma acertado entre o Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty) com o Ministério do Turismo, entre novembro e dezembro, o sistema será implantado para os cidadãos australianos e norte-americanos. Até fevereiro de 2018, funcionará para japoneses e canadenses.

Com a criação desse novo sistema, prevista no programa Mais Turismo do governo federal, a expectativa é de um crescimento do fluxo de turistas internacionais em direção ao Brasil.

“Essa facilitação, prevista no plano Brasil Mais Turismo, trará um grande incremento ao setor, como também contribuirá para fortalecer a economia brasileira”, explicao presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vinicius Lummertz.

Durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, a experiência no Brasil representou aumento de 55,31% no número de estrangeiros com origem nos países beneficiados em relação ao mesmo período de 2015. Segundo pesquisa do Ministério do Turismo, 82% desses turistas afirmaram que a dispensa do visto facilitaria um retorno ao País.

Brasil e China

País mais populoso do mundo e maior emissário de turistas internacionais, a China firmou acordo para facilitação de vistos com o Brasil. O documento foi assinado durante a viagem da comitiva do governo federal ao país asiático, na última semana.

A medida será um importante impulso para o governo brasileiro atingir a meta prevista no plano Brasil Mais Turismo de atrair 12 milhões de visitantes vindos do exterior até 2022.

No acordo assinado entre os governos chinês e brasileiro, fica estabelecido um prazo de validade de cinco anos para os vistos de turista, com múltiplas entradas, com período de estada de 90 dias, renováveis por até outros 90 dias, a cada 12 meses. As novas regras passam a valer no dia 1º de outubro. Antes, o visto geralmente tinha validade de três meses.

O Ministério do Turismo também credenciou 316 agências brasileiras, que estão aptas a receberem turistas chineses no Brasil em 2017. O cadastro das agências é obrigatório na legislação nacional e também segue determinação do governo chinês.

A Organização Mundial de Turismo aponta que a facilitação de vistos é uma importante iniciativa para fortalecer o setor. “A facilitação de vistos é uma das nossas prioridades porque temos estudos que comprovam que, através da facilitação de vistos, há mais turistas, mais receitas e empregos”, defende Sandra Carvao, diretora de comunicação da OMT.

Fonte: Portal Brasil, com informações deEmbratureMinistério do Turismo

Deixe um comentário