Cuiabá tem programação especial na Semana do Adolescente

Nossa principal meta é reduzir a gravidez na adolescência

Visando diminuir o índice de gravidez na adolescência e o risco de contaminação por Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza entre os dias 11 e 15 uma programação voltada diretamente aos jovens. Nesta segunda-feira (11), estudantes da Escola Estadual Benedito Carvalho, do bairro CPA I, receberam palestras e orientações sobre o tema. A agenda faz parte da programação da ‘Semana do Adolescente’.

Durante a semana, outras três unidades escolares receberão a visita de profissionais de saúde para dar orientações aos estudantes sobre o assunto. Apesar de ainda não ter iniciado sua atividade sexual, Mateus Paulo assegura que saberá o que e como fazer na hora. “Achei bastante interessante a palestra. Não fiquei com nenhuma dúvida”, afirmou o garoto de 14 anos, ao revelar que em casa o tema é tratado como tabu.

Os entreolhares e os sorrisos de canto de boca dos alunos com as explicações da estagiária de medicina da Clínica da Família do CPA I, Thais Gonçalves, reforça o estigma. “Eles têm muita vergonha. É um universo novo para eles que estão começando a vida sexual agora. Portanto, buscamos explicar tudo de forma lúdica. Desde como colocar a camisinha masculina ou feminina aos cuidados com a saúde bucal e uso de métodos contraceptivos”.

As orientações foram repassadas pelos acadêmicos do 9º semestre de medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Murilo Cândido Martins e Gabriela Selke, sob a supervisão do médico da família João David. “Nossa principal meta é reduzir a gravidez na adolescência. Hoje, 17% das adolescentes cuiabanas engravidam. Queremos diminuir para 15% ainda neste ano”, revelou a responsável técnica do programa ‘Adolescer’ da SMS, Lucineyde de Matos de Oliveira Ojeda.

De acordo com a coordenadora pedagógica da Escola, Evânia da Silva Pinto, duas alunas estão grávidas, sendo que uma possui 13 e a outra 14 anos. “Este é um assunto muito sério, pois reflete diretamente nos índices de evasão escolar. Algumas acabam perdendo o ano, reprovando por isso. É um impacto muito grande na vida dessas adolescentes. Por isso ressaltamos a importância dessa parceria com a Secretaria de Saúde de Cuiabá”.

Pármenas Alt27,961 Postagens

A estrada é longa e o tempo é curto. Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as consequências destas ações.

Deixe um comentário