Chuva de maio atrasa início da estiagem em MT

Uma grande e fortemassa de ar quente e secose intensificou nos últimos dias sobre interior do Brasil. A atuação prolongada deste sistemareduz a umidadee o alerta neste último fim de semana de maio é para baixa umidade relativa do ar com índicesperto ou abaixo de 30%em áreas do , , sobre a maior parte do interior do e também o Tocantins.

Queimadas

O mês de maio marcao início do período de estiagemespecialmente noCentro-Oeste, Sudeste, Tocantins e Bahia. Com isso, começa a ganhar destaque novamente a preocupação com o aumento donúmero de focos de incêndio.

A chuva atípica de maio, especialmente da segunda quinzena de maio, que está chegando ao fim colaborou paraamenizar o início do período de estiagemsobre o e do país. No período de01 a 25/05 de 2017, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Programa de Queimadas - Monitoramento de Satélites, mostra que oMato Grossoé o primeiro neste mês de maio no ranking de focos de queimadas no Brasil. Ao todo, são676 focosregistrados. Porém, durantemaio de 2016, o número de focos registradosfoi maior, com um total de1083. O satélite de referência de dados é o AQUA_M-T, informa o INPE.

EmTocantins, onúmero de focos de queimadastambémestá menorneste mês de maio de 2017 se comparado a maio do ano passado. De 01 a 25/05, já foram registrados539 focos de queimada, contra777focos,referente a maio de 2016. Tocantins, é o segundo no ranking dos estados brasileiros, com o maior número de focos de fogo no país, desde 01 de Janeiro 2017. São887 focos. O primeiro éMato Grosso com2926 focos, desde o início deste ano.

O período de estiagem só está começando. Em todo o Brasil já existe atualmente mais de9.741mil focos de queimadas registrados somente no período entre01 de janeiro e 25 de maio.Junho e Julhosão meses onde o número de focos aumenta chegando ao ápice entreagosto e setembro.

Fonte:TERRA

Pármenas Alt27,640 Postagens

A estrada é longa e o tempo é curto. Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as consequências destas ações.

Deixe um comentário