Aprenda a despertar o desejo sexual da mulher

Depois de pagar o jantar e se comportar bem, a expectativa é que o encontro se prolongue até algum lugar mais reservado. Provavelmente, o homem já estava pronto para o momento entre quatro paredes desde o minuto em que a mulher concordou em encontrá-lo. Mas vale saber que o funcionamento do corpo feminino é completamente diferente. Em primeiro lugar, não bastará tirar a camisa - mesmo que os músculos sejam bem definidos - para abrir o apetite sexual da parceira. A mulher não tem a mesma intimidade com o prazer e sexo cultivada pelo homem. Pode não fazer sentido dentro do mundo masculino, mas o ginecologista e secretário geral da Sociedade de Sexologia Amaury Mendes Junior explica que o comportamento da mulher em relação ao sexo é formado durante a infância e juventude, pelos pais e cultura social. “Desde cedo o sexo para a mulher é reprimido, os pais falam que pode pegar doença, engravidar, ficar difamada. Enquanto alguns pais sentem orgulho de saber que o filho está se masturbando com uma revista pornô”, disse ele. Por conta disso, o homem tem uma estimulação que age como um reflexo - olha a mulher e fica excitado – já elas só ficarão excitadas depois que avaliarem se vale a pena, se o parceiro tem caráter e o que irá acontecer após a relação sexual. Ao contrário dos homens que desde meninos exploram a masturbação, o descobrimento do corpo é mais difícil para a mulher e muitas vezes não acontece antes de ela encontrar o primeiro parceiro sexual. “Se uma mulher não sabe o que dá prazer, como pode dizer para o homem?”, questionou a ginecologista da Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia Elsa Gay. Pensando nisso, o homem precisa ajudar a mulher a descobrir os pontos de prazer. “Eles precisam explorar além dos seios e clitóris”, sugeriu. Ouvido O órgão mais erótico nas mulheres é o cérebro. Elas têm, porém, ouvidos afrodisíacos onde algumas palavras podem proporcionar prazer. Quando o homem diz coisas bonitas ao pé do ouvido da parceira se comunica diretamente com o cérebro, onde são criados os estímulos sexuais da mulher. Boca Um beijo de língua estimula o mesmo número de terminações nervosas do que tocar o clitóris. Se for bem dado, com sentimento envolvido, pode deixar a mulher pronta para o sexo. O beijo é tão importante que, quando um casal está meio brigado ou em fase de separação pode até ter relações sexuais, mas o beijo de língua não. Pescoço e orelha Beijos na nuca e atrás da orelha também são excitantes para a mulher. O que conta nestas regiões é a imaginação. As duas regiões já são sensíveis ao toque, com o beijo a sensação é potencializada. Seios e mamilos Desde a escola o homem recebe a orientação de que tocar na mama e na vulva é o jeito de estimular a mulher, mas não é verdade. As mulheres ficam excitadas com toques nestas duas regiões, mas existem diversas partes do corpo que podem proporcionar até mais prazer à parceira. Braços e mãos O corpo feminino tem mais de 2m² de terminações nervosas e no dorso das mãos e laterais dos braços estão concentradas boa parte delas. Quando o homem toca estas regiões, a mulher tem uma sensação agradável. Um abraço bem forte pode provocar estímulos na parceira. Clitóris O clitóris é o botão dourado da mulher. Ela gosta muita mais de carícias nele do que da penetração. O homem habilidoso pode brincar com o clitóris, de forma leve, pois a região é bem sensível. Pernas e pés Todas as partes do corpo feminino podem ser estimuladas. Enquanto o erótico para o homem está concentrado no pênis, para a mulher está espalhado dos pés à cabeça. Beijos nos pés ou no interior da coxa provocam sensações que levam ao desejo sexual. Thais Sabino TERRA

Pármenas Alt28,044 Postagens

A estrada é longa e o tempo é curto. Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as consequências destas ações.

Deixe um comentário